Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo Sobre a Gravidez

A gravidez é um momento único na vida duma mulher, durante todo o tempo são enumeras as perguntas que ficam sem resposta, as preocupações com o nosso bebé, as incertezas e as duvidas que ficam no ar. Aqui será o espaço para acabar com algumas

A gravidez é um momento único na vida duma mulher, durante todo o tempo são enumeras as perguntas que ficam sem resposta, as preocupações com o nosso bebé, as incertezas e as duvidas que ficam no ar. Aqui será o espaço para acabar com algumas

Tudo Sobre a Gravidez

15
Nov10

Soluções simples para a depressão Pós-Parto

adm

A depressão pós-parto é uma doença muito comum que afecta mães por tudo o mundo. A medicação, é claro, uma das soluções mais utilizadas, mas antes de optar por essa, há outras soluções mais simples que podem ajudá-la a curar-se sem modificar o seu metabolismo. Aqui vão algumas:Deite-se cedo e tente ter uma boa noite de sono.


Passeie no parque.

Faça coisas com as mãos, artesanato, bordar,etc…

Trabalhe no jardim. Regar as plantas e tirar as ervas daninhas pode ser relaxante.

Brinque com os seus filhos e faça planos com eles sobre o que farão quando se sentir melhor.

Consulte um psicólogo regularmente e seja totalmente sincera com ele.

Mantenha-se longe do álcool e outros depressivos.

Tome um banho de espuma relaxante, com algo doce para comer e beber. Ouça música relaxante enquanto toma banho.

Escreva um diário. Ajuda-a a exteriorizar os seus sentimentos.

Faça exercício regularmente – liberta endorfinas ( quimicos que a fazem sentir melhor ) para a sua corrente sanguínea.

Participe em fóruns sobre depressão pós-parto; discuta o problema com outras mulheres na mesma situação, peça-lhes conselhos e aproveite o fazer parte de uma comunidade.

Participe em actividades com a família e os amigos.

Leia um bom livro.

Vá visitar amigos ou familiares.

Telefone a uma amiga próxima.

Vá dar uma volta de carro.

Cozinhe. Isto vai direccionar a sua atenção para outro assunto que não a maternidade.

Telefone à sua mãe e fale com ela sobre o seu problema. Esta pode ser a melhor terapia para a sua situação, porque ela ama-a, está profundamente preocupada consigo e vai ter tempo para ouvi-la.

Peça à sua mãe para ir para sua casa por alguns dias. Ela pode ajudá-la nas suas tarefas e criar algum tempo só para si de modo a fazer algumas das coisas mencionadas neste artigo.

Ponha o bebé no carrinho e vão dar um passeio.

Aninhe-se com os seus filhos, e chore tudo o que lhe apetecer enquanto o faz. Perceba que há pessoas que a amam verdadeiramente:

Vá até à praia, se houver uma por perto – olhe para o oceano e respire a brisa marinha.

Vá às compras!

Tenha uma longa e profunda conversa com o seu marido, seguida de muitos mimos e muitos bejios.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D