Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo Sobre a Gravidez

A gravidez é um momento único na vida duma mulher, durante todo o tempo são enumeras as perguntas que ficam sem resposta, as preocupações com o nosso bebé, as incertezas e as duvidas que ficam no ar. Aqui será o espaço para acabar com algumas

A gravidez é um momento único na vida duma mulher, durante todo o tempo são enumeras as perguntas que ficam sem resposta, as preocupações com o nosso bebé, as incertezas e as duvidas que ficam no ar. Aqui será o espaço para acabar com algumas

Tudo Sobre a Gravidez

25
Abr12

Depilação na gravidez

adm

A gravidez é um dos períodos de mais insegurança para a maior parte das mulheres. Fisicamente, trata-se de um fenômeno complexo, com o poder de modificar quase todas as partes do corpo feminino — inclusive o crescimento dos pelos. Por outro lado, é justamente essa a época em que se precisa tomar maior cuidado com os tratamentos estéticos.

A gravidez é, tipicamente, um momento em que aumentam a quantidade e a espessura dos pelos do corpo todo e do rosto. "Isso se deve às alterações hormonais próprias da gestação, que prolongam a fase de crescimento (conhecida como fasa anágena dos pelos e dos cabelos", explica a médica dermatologista Daniela Landim.

Esses hormônios já existem normalmente, mas suas taxas aumentam durante a gravidez — em todas as grávidas. "O estrogênio aumenta, e por isso os cabelos caem menos e se tornam mais volumosos", afirma Daniela. Mas isso significa também que os benefícios não estão restritos aos fios de cabelo — o volume aumenta em todos os pelos corporais.

Os pelos na linha do umbigo, usualmente bem escuros, aparecem devido ao aumento dos hormônios andrógenos. Conforme o nível deles volta ao normal, após o parto, os pelos desaparecem, garante a médica. É possível ainda que apareçam pelos em locais onde não havia antes, como o rosto — esses também param de crescer com o fim da gravidez.

Métodos seguros

Não há consenso sobre quais os métodos permitidos ou não para quem está grávida. Mas a maior parte dos médicos concorda sobre o seguinte: mesmo que não haja comprovação de que faz mal ao feto, métodos suspeitos ou que utilizam muita química devem ser evitados.

Entre as proibições estão descolorantes e cera. "Os descolorantes podem entrar na corrente sanguínea e intoxicar o feto. Já a cera é um método de arrancamento que pode levar a gestante a um parto prematuro por hiperestimular contrações", diz Daniela.

"Pela tendência a manchas é preciso evitar métodos que agridam a pele", explica o dermatologista Jardis Volpe. As manchas também são causadas pelos famigerados hormônios da gravidez — que estimulam os melanócitos. Portanto, evite a cera, método em geral mais associado a esse problema. Para os pelos que aparecem no rosto o melhor é apostar na pinça e na depilação com linha ou mola, que não agridem a pele e são livres de quaisquer produtos químicos.

fonte:http://br.mulher.yahoo.com/

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Politica de privacidade

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D